Django Brasil


Blog da Django Brasil


Últimas entradas

Django 1.5 release candidate

Publicado m 05/01/2013 às 3h29

Como parte do processo de lançamento do 1.5, hoje lançamos o Django 1.5 release candidate 1, a pacote de previsão/teste do que será o Django 1.5. Como em todos os pacotes de pré-lançamento, esse não deve ser usado em produção, mas se você quer testar algumas das novidades que virão no 1.5, ou se você gostaria de contribuir e ajudar-nos a corrigir bugs antes do lançamento da versão 1.5 final, fique a vontade para baixar o código e dar uma olhada.

Em particular, pedimos a usuários desse release candidate para observar e reportar bugs encontrados. Se nenhum bug capaz de reter o lançamento for encontrado, o Django 1.5 será lançado em aproximadamente uma semana.

Você pode obter uma cópia do release candidate da versão 1.5 da nossa página de downloads, e nós recomendamos que você leia as notas de lançamento. Também, para os preocupados com segurança, checksums MD5 e SHA1 assinados do release candidate 1.5 estão disponíveis.

Observe também que o Django 1.5 agora requer o Python 2.6 como versão mínima, o Python 2.5 não é mais suportado. A série 3.x do Python 3 do Python é suportada experimentalmente nesse release, a partir da versão 3.2. Para mais informações sobre o suporte a Python 3, e os testes que o Django 1.5 ainda precisa, veja esse post do blog.

Publicado originalmente por James Bennett em 4 de Janeiro de 2013 no Blog do Django

Suporte experimental ao Python 3

Publicado m 09/09/2012 às 16h11

Um pouco de história

Em maio, Vinay Sajip publicou um fork provando que era possível suportar ambas as versões atuais do Python, a 2 e a 3, a partir de uma base única de código, e passar toda a suíte de testes. O fork foi construído sobre esforços anteriores de Martin von Löwis.

Logo após, o core team decidiu usar o sixcomo uma camada de compatibilidade, ao invés de uma biblioteca ad-hoc. O alvo era não apenas cobrir as necessidades do Django, mas também escolher uma solução que fosse útil para todo o ecossistema python. A partir do Django 1.5, six vai ser empacotado como django.utils.six, e assim vai estar disponível para todas as aplicações Django que usem a mesma estratégia de portabilidade que o próprio Django.

O primeiro passo real na direção do suporte ao Python 3 support foi removeer os prefixos u das strings unicode e adicionar o unicode_literals future import. Essa mudança foi comitada nos sprints da DjangoCon Europe em julho.

Então a maior parte do trabalho aconteceu nas últimas semanas, com centenas de commits atualizando várias partes do Django.

O core team focou em escrever código Python 3 compatível com Python 2, ao invés do contrário, para tornar o código resistente ao tempo. Para evitar confusão, funções e classes cujos nomes incluíam string ou unicode foram renomeadas para bytes e text respectivamente. Como uma consequência, a adaptação foi significativamente mais invasiva que a prova de conceito de Vinay Sajip.

Vendo pelo lado bom das coisas, já que operações de encode e decode de strings precisam ser corrigidas no Python 3, várias aproximações foram corrigidas no esforço de adaptação. Mesmo que o código de compatibilidade adicione algum ruído em alguns lugares, o código resultante é mais claro em muitos lugares.

Eu gostaria de agradecer a todos os membros da comunidade e aos desenvolvedores do projeto que contribuíram para esse grande projeto.

E depois?

Isso significa que o Django está pronto para o Python 3? Ainda não!

Primeiro, o Django recebeu quase nenhum teste real no Python 3. Considere o código como pre-alpha.

Depois, enquanto o core team fez o melhor para eliminar bugs, a suíte de testes ainda não cobre todos os usos possíveis do Django. É aí que entra a comunidade.

Precisamos da sua ajuda para testar a versão de desenvolvimento do Django, não somente para reportar bugs ao executar no Python 3, mas também regressões no Python 2. Enquanto o Django é muito conservador em relação a compatibilidade retroativa, erros sempre podem acontecer, e é provável que o esforço massivo de refatoração tenha introduzido algumas regressões.

Finalmente, o Django é muito mais que um framework web — é um acossistema de aplicações plugáveis. Nesse ponto, poucas aplicações plugáveis de terceiros suportam o Python 3. Autores são fortemente encorajados a portar suas aplicações plugáveis o mais rápido possível. Dicas de refatoração estão disponíveis na documentação.

por Aymeric Augustin em 19 de Agosto de 2012 no blog de desenvolvimento do Django

Django 1.4 beta 1 lançado

Publicado m 16/02/2012 às 12h25

Como parte do processo de lançamento do Django 1.4 , hoje a noite nós lançamos o Django 1.4 beta 1, um pacote de preview/teste que á uma pequena amostra das novas funcionalidades vindo no Django 1.4. Como em todos os pacotes alpha e beta , elenão deve ser usado em produção, mas se você quer testar algumas das coisas boas que virão no 1.4, ou se você gostaria de akidar a corrigir alguns bugs antes do lançamento do 1.4 final (marcado paraMarch), sinta-se a vontade para baixar uma cópia e dar uma olhada.

Você pode obter uma cópia do pacote 1.4 beta danossa página de downloads, e nós recomendamos que você leia as notas de lançamento. Também, por questões de segurança, checksums MD5 e SHA1 assinados do pacote 1.4 beta estão disponíveis.

Note também que o Django 1.4 agora requer a versão mínima do Python 2.5; o Python 2.4 não é mais suportado.

Originalmente postado por James Bennett no blog do Django.

Django 1.3 lançado

Publicado m 24/03/2011 às 14h55

Ele chegou!

Após meses de trabalho, anunciamos orgulhosamente o lançamento do Django 1.3. Este release está repleto de novidades bacanas, todas elas bem detalhadas nas notas de lançamento. Você pode também dar uma passada na página de downloads para baixar uma cópia dessa versão. Como sempre, também estão disponíveis assinaturas de checksum para o lançamento.

Entretanto, há um ponto importante a ser ressaltado aqui: conforme descrito nas notas de lançamento, esta é a última versão do Django que terá suporte ao Python 2.4. Futuramente, no lançamento do Django 1.4, a menor versão do Python requerida será o Python 2.5, embora você ainda poderá utilizar o Django 1.3 - durante o ciclo de suporte de segurança - se você precisar de suporte ao Python 2.4.

Por fim, gostaríamos de salientar, como sempre, que nós não poderíamos chegar a esta versão sem a ajuda da gigantesca quantidade de pessoas em todo o mundo que contribuem e ajudam a melhorar o Django a cada dia. Todos vocês devem se dar um tapinha nas costas.

Conheça o Django Packages

Publicado m 30/09/2010 às 12h43

O Daniel Greenfeld publicou em seu blog o lançamento do Django Packages (Announcing Django Packages). O objetivo do site é listar todos os pacotes, CMS, plugins e aplicativos para deixar seus projetos em Django ainda mais completo e eficiente. Foi uma ideia sensacional, reunir em um único local tudo (ou quase tudo) que foi desenvolvido pela comunidade Django.

O site está organizado em categorias (Apps, Frameworks, Projects, Utilites, etc) e a ordenação dos projetos é feita através de várias métricas, como número de downloads no Pypi, número de commits, número de seguidores, etc. Com isso é possível determinar se uma app tem seu desenvolvimento ativo, quantas pessoas contribuem, etc. Isso ajuda muito na busca e tomada de decisão.

Confira o Django Packages em http://djangopackages.com/

Publicado originalmente no blog do Christiano Anderson

Django 1.2.3 lançado

Publicado m 13/09/2010 às 10h45

Hoje a equipe do Django anunciou o lançamento do Django 1.2.3, que resolve alguns proiblemas com o lançamento recente da versão 1.2.2.

Esse pacote corrige os seguintes problemas:

  • O patch aplicado para o problema de segurança coberto no Django 1.2.2 causou alguns problemas com respostas não-ASCII usando tokens CSRF. Isso foi resolvido.
  • O patch também causou problemas com alguns formulários, principalmente os formulários de edição de usuários na interface administrativa do Django administrative. Isso foi resolvido.
  • O arquivo de controle de empacotamento (manifest) não continha a lista completa dos arquivos requeridos. Resolvido.

Todos os usuários do Django são encorajados a atualizar para o Django 1.2.3 imediatamente; o pacote do 1.2.3 pode ser obtido da página de downloads do Django, e como sempre checksums assinados para o pacote estão disponíveis.

Originalmente postado por James Bennett no blog do Django.

Django 1.2.1 lançado

Publicado m 09/06/2010 às 10h13

Conforme previamente anunciado, hoje é o lançamento do Django 1.2.1, a primeia versão de correção de bugs da série 1.2 do Django 1.2. Para o pacote em si, vá para a nossa página de downloads; e como sempre, checksums assinados do pacote de lançamento estão disponíveis.

Como um lançamento de correção de bugs, o Django 1.2.1 não contém novas funcionalidades -- somente as correções de alguns bugs nos lançamentos anteriores, junto com mais dois tíquetes que tinham correções rápidas disponíveis: #13592 and #13590.

Originalmente postado por James Bennett no blog do Django.

Cronograna de lançamento do Django 1.2 -- atualização final

Publicado m 15/05/2010 às 11h13

Já se passaram dez diz agora desde o candidato a liberação da versão 1.2 do Django, e nenhum novo bug crítico foi reportado, então nós estamos dando a luz verde ao Django 1.2. O lançamento final acontecerá na segunda, dia 17 de Maio de 2010.

Entre agora e segunda, a única coisa que aceitaremos (barring any release-blocking bugs -- but we're not aware of any) são arquivos de tradução; se você tem traduções que ainda não enviou, por favor as envie ao Trac o mais rápido possível para que possamos lidar com ela antes do lançamento final.

Do blog do projeto do Django, em http://www.djangoproject.com/weblog/2010/may/15/release-schedule/

Django 1.2 alpha 1 lançado

Publicado m 06/01/2010 às 11h05

Como parte do processo de lançamento do Django 1.2, essa noite nós lançamos o Django 1.2 alpha 1, um pacote de previsão/teste que dá um gostinho das novidades que virão no Django 1.2. Como em todos os pacotes alpha e beta, ele não devee ser usado em produção, mas se você quiser testar as novidades do 1.2, ou se você gostaria de se envolver e ajudar a corrigir bugs antes do lançamento do 1.2 final (agendado para Abril), sinta-se livre para obter uma cópia e dar uma olhada.

Você pode obter uma cópia do pacote 1.2 alpha da nossa página de downloads, e recomendamos que você leia as notas de lançamento. Para garantir a integridade dos arquivos, checksums assinados MD5 e SHA1 do pacote 1.2 alpha estão disponíveis.

Tradução do post original em http://www.djangoproject.com/weblog/2010/jan/06/12-alpha-1/

Atualizações de segurança lançadas

Publicado m 15/10/2009 às 11h53

Hoje o projeto Django está emitindo um conjunto de lançamentos para remediar um problema de segurança. Este problema foi divulgado por terceiros numa lista de discussão de alto tráfego, e foram feitas tentativas para explorá-lo em instalações ativas do Django; desta forma, nós ignoramos nossa política normal de segurança e divulgação, para emitimos correções e atualizações imediatamente.

A biblioteca de formulários do Django inclui tipos de campos que executam validações, baseadas em expressões regulares, de endereços de email e URLs. Determinados endereços/URLs poderiam desencadear um caso patológido de performance nesta expressão regular, resultando num processo/thread do servidor sem resposta, consumindo CPU excessivamente por um período de tempo extenso. Se isso for deliberadamente provocado, poderia resultar num ataque de denial-of-service (negação de serviço).

Qualquer aplicação Django que faz uso dos campos EmailField ou URLField nas seguintes versões, é vulnerável:

  • Django development trunk
  • Django 1.1
  • Django 1.0

Resolução

A expressão regular utilizada para validação de endreço de email e URL foi modificada para eliminar o caso patológico de performance.

As correções foram aplicadas nos seguintes changesets:

  • Django development trunk: 11603.
  • Django 1.1 release series: 11604.
  • Django 1.0 release series: 11605.

Os seguintes releases foram emitidos imediatamente:

  • Django 1.1.1
  • Django 1.0.4

Estes releases estão disponívei na nossa página de download e no PyPI.

Como este problema está sendo explorado ativamente, todos os usuário que utilizam as versões do Django afetadas são fortemente encorajados a atualizar ou aplicar o patch apropriado imediatamente.

Nota sobre o relato de segurança

Como mensionado acima, este problema foi inicialmente divulgado publicamente numa lista de alto tráfego. Nós gostariámos de lembrar nossos usuários de que o canal correto para relatos de segurança é o email security@djangoproject.com. Isso dá tempo ao time de desenvolvimento para desenvolver uma solução e coordenar a divulgação, tanto para a comunidade Django como um todo, quanto para os vários colaboradores que mantêm e distribuem versões do Django empacotadas.

Quando deparar-se com um problema particular que impacta na segurança, nós pedimos a você que tenha um pouco de cuidado e entre em contato com security@djangoproject.com; nós ficaremos mais do que felizes em trabalhar com você na análise e avaliação de potenciais problemas de segurança.

Nota da comunidade Django Brasil

Caso você não saiba ingês, você pode procurar ajuda no grupo de localização e tradução do Django, ou mesmo na lista da Django Brasil, solicitando auxílio para reportar o problema. Se isso for acontecer, num primeiro momento não exponha o que está acontecendo, a fim de manter a privacidade na comunicação e segurança das outras pessoas.

Por James Bennett em 9 de Outrubro de 2009. Traduzido por Robson Mendonça em 10 de Outubro de 2009

Atualizações de segurança

Publicado m 07/08/2009 às 20h23

Em conformidade com a política de segurança, o projeto Django publicou no dia 28 de julho um conjunto de releases para concertar uma vulnerabilidade.

As versões afetadas são as seguintes:

  • Django 1.0
  • Django 0.96

Se você utiliza alguma das versões acima, a atualização é recomendada. Um upgrade para a versão 1.1 do Django lançada recentemente também resolve o problema, uma vez que o mesmo não é afetado pela vulnerabilidade.

Você encontra pacotes para os novos releases em nossa página de download.

Confira a notícia publicada no site do projeto oficial do Django para mais detalhes da vulnerabilidade, entre outras informações importantes.

Importante

Note que o lançamento do Django 1.1 decretou o fim da vida da série Django 0.96; sendo assim, o Django 0.96.4 será o último lançamento oficial desta série, que não mais receberá correções de bugs ou suporte de segurança, vindas diretamente do time de desenvolvimento do Django.

Django 1.1 lançado

Publicado m 29/07/2009 às 17h01

Após cerca de um ano de desenvolvimento, várias novas funcionalidades e milhares de outras melhorias, o Django 1.1 está pronto para uso!

Para uma lista completa das novidades e mudanças, consulte as notas de lançamento; para baixar uma cópia, vá até a página de download. E para os preocupados com segurança, checksums assinados para o pacote estão disponíveis.

Essa versão também contém a atualização de segurança liberada essa noite para a série antiga.

O Django 1.1 é o resultado de um trabalho duro de centenas de pessoas que contribuíram com o código do Django e muitos que doaram seu tempo para reporte, triagem, detecção e ajuda para corrigir bugs e desenvolver novas funcionalidades. Literalmente, o Django não aconteceria sem todos vocês, então pare e dê em si mesmo (e em quaisquer outros desenvolvedores que você conheça) um tapinha nas costas.

Novamente, obrigado a todos que ajudaram, e esperamos ver você na DjangoCon 2009 em Portland, Oregon, e por todo o caminho para o Django 1.2.

Fonte: Django Project, por James Bennett (tradução de Walter Cruz)

Anúncio oficial da PythonBrasil[5]

Publicado m 22/07/2009 às 8h49

Começou a contagem regressiva para a PythonBrasil[5]! De 10 a 12 de Setembro a comunidade Python, empresas relacionadas e interessados em geral se reúnem em Caxias do Sul para a quinta edição do Encontro Brasileiro da Comunidade Python. Ajude a divulgar colocando um banner no seu site e aproveite para fazer sua inscrição ou enviar uma proposta de trabalho!

Python é uma linguagem de programação dinâmica de altíssimo nível, utilizada em larga escala por empresas como Google,  Dreamworks e Industrial Light & Magic. No Brasil, é utilizada pela Locaweb e Globo.com, além do SERPRO, entre outros.

A PythonBrasil é realizada desde 2005 e já foi sediada em Campinas, Brasília, Joinville e Rio de Janeiro, contando com participantes de todo o Brasil, além de palestrantes e convidados de renome nacional e internacional.

O novo site está no ar

O novo site para a PythonBrasil[5] está no ar, agora com um novo domínio: http://www.pythonbrasil.org.br! Confira todos os detalhes sobre a quinta edição do Encontro Brasileiro da Comunidade Python, que acontecerá em Caxias do Sul, de 10 a 12 de Setembro de 2009.

Palestrantes confirmados

Já estão confirmados os nomes dos palestrantes internacionais convidados para a PythonBrasil[5]:

Ambos confirmaram presença e ministrarão palestras dentro de suas especialidades. No cenário nacional, os destaques vão para Gustavo Niemeyer, da Canonical, desenvolvedor de projetos como o Smart e o Storm e um dos poucos core developers brasileiros do Python, e Rodrigo Bamboo de Oliveira, criador da linguagem Boo.

Sites amigos

Repetindo o que vem dando certo desde a PythonBrasil[3], este ano também estamos realizando a campanha de Sites Amigos. Divulgue a PythonBrasil[5] em seu site, blog ou portal e faça parte do sucesso do evento anual da comunidade Python brasileira. Temos alguns modelos diferentes de banners disponíveis para download.

Inscrições

Faça já a sua inscrição no evento! O pagamento pode ser realizado por boleto, cartão de crédito ou transferência bancária. Quanto mais cedo você fizer a sua inscrição, maior o seu desconto!

Chamada de Trabalhos

A chamada de trabalhos se encerrará no dia 26 de Julho. Envie a sua proposta agora. Não deixe para a última hora!

Patrocínios

Existem diversas formas de patrocinar o evento. Aproveite esta excelente oportunidade, marque sua presença e exponha sua empresa para um público de alto nível!

Adaptador do Django para DB2 lançado!

Publicado m 19/06/2009 às 18h08

O trabalho que foi proposto como uma idéia em 2006 agora é realidade: a IBM lançou um adaptador do Django para o DB2, que pode ser baixado na página do projeto no google code. Além disso, a IBM também dispõe do adaptador de DB2 para SQLAlchemy 0.4, que pode ser baixado no mesmo site.

A versão lançada suporta a API do Django 1.0.2 e suporta as versão 8.2 ou superiores do DB2 para Linux, Unix, Windows e MAC OS X. (9.5 FP2 ou superior para MAC OS X).

Você pode conferir o post de lançamento, que também lista outras novidades do DB2 no blog de Antonio Cangiano.

Desenvolvedores do backend do Django 1.1 para Firebird pedem ajuda

Publicado m 12/06/2009 às 12h08

Conforme noticiado em http://www.firebirdnews.org/?p=2964, Maximiliano Robaina está trabalhando no backend do firebird para o Django 1.1 e pede ajuda a quem estiver interessado em colaborar no projeto.

O repositório e os arquivos do projeto podem ser acessados em http://code.google.com/p/django-firebird/.

Código fonte do Django People liberado

Publicado m 27/05/2009 às 12h43

Simon Willison anunciou em seu blog a liberação do código fonte do site Django People

Segundo a informação do README do projeto, foi feito uma importação da base do código de Abril de 2008, assim, o código precisa de uma versão mais antiga do Django, a 0.97 para rodar. O código está disponível no github e o post anunciando o lançamento do código pode ser lido aqui.

Django 1.1 beta lançado

Publicado m 24/03/2009 às 11h17

Como parte do processo de lançamento do Django 1.1, essa noite nós lançamos o Django 1.1 beta 1, um pacote que traz algumas das novas funcionalidades que virão no Django 1.1. Assim como em todos os pacotes alpha ou beta, ele não deve ser usado em produção, mas se você gostaria de experimentar alguma das novidades do 1.1, ou se você gostaria de nos ajudar a consertar bugs antes do lançamento da versão 1.1 final (marcada para April), sinta-se a vontade para obter uma cópia e dar uma olhada.

Você pode obter uma cópia do pacote 1.1 beta da nossa página de downloads, e nós recomendamos a leitura das notas de lançamento. Também, para os conscientes de segurança, checksums MD5 e SHA1 assinados do pacote 1.1 beta estão disponíveis.

Nossa próxima parada será aPyCon Americana 2009 em Chicago onde, entre outras coisas, faremos sprints de desenvolvimento visando o release final do Django 1.1. Para um roadmap completo da versão, veja as notas de lançamento da versão alpha.

Postado por Jacob Kaplan-Moss em 23 de Março de 2009, no blog do Django - Tradução por Walter Cruz

Novos pacotes relacionados ao django no debian

Publicado m 17/03/2009 às 11h51

Segundo notícia publicada por Daniel Watkins em seu blog, novos pacotes de aplicativos Django foram adicionados ao Debian, entre eles:

  • django-tinymce, fornece o widget TinyMCE para uso em forms e em views
  • django-filebrowser, que adiciona uma interface para gerenciamento de arquivos dentro do próprio admin do django.
  • django-contact-form, que como o próprio nome já diz, provê uma forma fácil de criar formulários de contato.

Por enquanto, os pacotes estão disponíveis apenas no Debian Unstable.

Django Brasil no Twitter

Publicado m 02/03/2009 às 23h30

Agora os artigos coletados pelo agregador de feeds da comunidade serão publicados no Twitter, isso graças à colaboração do djangonauta Arthur Furlan (valeu Arthur, a comunidade agradece!).

Então, quem deseja acompanhar a comunidade brasileira de Django pelo Twitter, inscreva-se no @djangobrasil.

E se você ainda não possui seu blog cadastrado em nosso agregador de feeds, envie para nós o link para o feed da tag (ou categoria) "Django".

Colaborações com código para o site são muito apreciadas e estamos precisamos de mais. Se interessar, acesse a página do projeto.

Django 1.1 alpha 1 lançado

Publicado m 24/02/2009 às 11h28

Como parte do nosso processo de lançamento do Django 1.1, essa noite nós lançamos o Django 1.1 alpha 1, um pacote preview/teste que oferece um pouco do que está por vir no Django 1.1. Como todos os pacotes alpha e beta, não deve ser usado em produção, mas se você gostaria de experimentar algumas das novidades que estarão no 1.1, ou se você gostaria de contribuir e ajudar a corrigir bugs antes do lançamento da versão 1.1 final (em April), sinta-se livre para baixar uma cópia e dr uma olhada.

Você pode obter uma cópia do pacote 1.1 alpha na nossa página de downloads, e nós recomendamos que você leia as notas de lançamento. Também, por razões de segurança checksums MD5 e SHA1 assinados do pacote 1.1 alpha estão disponíveis.

Nosso próxima parada será a Pycon Americana de 2009, em Chicago onde, entre outras coisas, estaremos fazendo sprints de desenvolvimento visando um pacote beta 1.1 com todas as features já implementadas (para o planejamento da versão 1.1 roadmap, veja as notas de lançamento da versão 1.1 alpha).

Por James Bennett, original em http://www.djangoproject.com/weblog/2009/feb/23/11-alpha-1/ , tradução por Walter Cruz

Django suportará o DB2 em breve

Publicado m 21/02/2009 às 13h53

Segundo notícia publicada no blog de Antonio Cangiano, o Django em breve suportará o DB2.

O DB2 é o famoso banco de dados da IBM, muito usado em ambientes corporativos. O suporte ao Django será de grande ajuda para que o Django possa se popularizar ainda mais

Por Walter Cruz

Django Flash

Publicado m 10/02/2009 às 16h23

Daniel Martins criou uma aplicação para Django que introduz uma funcionalidade similar às mensagens flash do rails.

O projeto é interessante, a API parece fácil e está bem documentada em http://djangoflash.destaquenet.com

Vale lembrar que uma funcionalidade semelhante foi sugerida no ticket 4604, mas enquanto ela não entra no core, o aplicativo do Daniel é uma mão na roda!

Por Walter Cruz

O que é o django.contrib?

Publicado m 20/01/2009 às 15h16

Jacob Kaplan-Moss adicionou em seu blog um post interessante com algumas considerações sobre o django-contrib. Embora não seja uma declaração oficial da equipe de desenvolvimento do Django, é um texto bem interessante e lança alguma luz sobre o que podemos esperar do futuro do framework. Boa leitura!

O que é o Django Contrib?

por Jacob Kaplan-Moss

tradução de Walter Cruz

Já que é uma pergunta recorrente, eu pensei em gastar um tempinho escrevendo minhas idéias a respeito do que o django.contrib realmente é, e o que realmente significa a inclusão de um pacote nele.

Essa é apenas minha opnião pessoal — de fato, é por isso que eu postei aqui ao invés de adicionar esse conteúdo na documentação oficial do Django. Porém, a maior parte do core team do Django discutiu esse tópico extensivamente na DjangoCon, então eu estou bem seguro que há um certo consenso sobre essas idéias.

Em resumo, o django.contrib contém implementações opcionais e padronizadas de padrões comuns. Isso é:

  • Opcional: pacotes do contrib devem ser removíveis. Você deve ser capaz de executar um rm -rf django/contrib e o Django não deve quebrar.

Leitores astutos vão perceber que o django.contrib.contenttypes viola essa regra. Eu penso que isso deveria ser considerado um bug.

Com isso, os pacotes do django.contrib idealmente não devem ter "acesso especial" à qualquer coisa interna do Django — tudo o que um pacote do contrib faz deve ser possível de ser feito em um aplicativo externo. Novamente, leitores astutos irão notar que quebramos essas regras em alguns lugares, e, mais uma vez, isso deve ser considerado um bug.

  • Padronizadas: tudo no contrib precisa ser geralmente aceito como a Forma Correta de fazer algo pela grande maioria dos usuários.

django.contrib.sessions é um exemplo disso. Existem muitas formas de lidar com sessções, mas a forma que o Django faz — um identificador de sessão opaco no cookie, com todos os dados armazenados no backend — é geralmente aceito como uma ótima prática. Sim, existem outros meios de implementar sessões — posso citar, por exemplo, cookies assinados — mas a técnica usada pelo django.contrib.sessions geralmente funciona para a maior parte dos usuários.

  • Padrões Comuns: pacotes no contrib devem resolver problemas encontrados frequentemente por desenvolvedores web comuns. Então, eu gostaria de argumentar contra a inclusão de algo como o django-reversion. Ele é muito legal e eu o uso, mas o rastreamento de dados versionados nessa granularidade não é algo necessário na vasta maioria dos sites.

Bons pacotes do contrib devem tratar questões que não sejam triviais, que sejam propensas a muita discussão, e que sejam difíceis de fazer do modo certo para o caso comum. Queremos evitar que as pessoas precisem decidir entre dezessete frameworks de sessões diferentes, por exemplo.

Sobre o django.contrib.gis: ele não é exatamente um padrão comum, mas se você está lidando com dados geográficos, construindo em cima de ferramentas GIS existentes como o PostGIS e o GDAL, ele é ambos: o padrão comum e a melhor prática. Você poderia dizer que o django.contrib.gis implementa um padrão comum para uma classe menor de usuários, eu suponho. Mais importante, porém, é algo complicado de ter funcionando corretamente, então há um grande valor em te-lo funcionando.

É claro, existe um valor de marketing em ter algo no contrib. Certamente ajuda as Relações Públicas dizer que o "Django vem com suporte a GIS." Está na moda desdenhar das Relações Públicas no mundo opensource, mas eu seria falso em dizer que eu não uso o poder do contrib como uma ferramenta de marketing. Eu certamente o faço, e não tenho reservas em faze-lo.

Mas há um problema em trazer algo para o núcleo: isso impede inovação. Assim que nós "abençoamos" um pacote do contrib, reduzimos drastricamente o ímpeto de escrever bibliotecas competitivas. Assim, um bom pacote do contrib deve ter consenso geral, e deve ser bem maduro. É por isso que uma biblioteca de evolução de esquemas não estará presente no Django 1.1 a despeito de termos três ou quatro alternativas viáveis. Nenhuma dessas opções é claramente melhor, e todas estão evoluindo muito rápido. Devemos esperar para "aprovar" uma biblioteca até que tenhamos certeza de qual é a certa..

Outra desvantagem para a inclusão de pacotes no contrib é o acoplamento das funcionalidades dos pacotes com o ciclo de lançamentos do Django. Um pacote pequeno como o django-tagging pode adicionar funcionalidades rapidamente; limitar releases a cada seis ou nove meses iria retardar a sua divulgação enquanto usuários esperam por novas versões do Django para serem capazes de atualizar o pacote.

A inclusão de um pacote no contrib é também uma promessa de suporte futuro: nada seria pior que ter de remover um pacote do contrib em uma versão futura — queremos adicionar funcionalidade, não retirá-las! Porém, a adição de novos pacotes no contrib significa mais trabalho para os committers, então, um novo pacote realmente precisa trazer junto um novo contribuidor. Idealmente, um grupo de novos contribuidores: ter parte do código na mão de apenas um contribuidor não é uma boa idéia..

Django no Washington Post

Publicado m 19/01/2009 às 18h53

Uma das perguntas que nós fazemos na escolha de um framework (principalmente os sysadmins!) é: ele aguenta o tranco? Sempre dá mais confiança saber que o framework que escolhemos foi usado em algum grande projeto.

Peter Harkins publicou em seu blog uma lista das aplicações no Washington Post que foram criadas em Django. Entre os aplicativos, bastate coisa desenvolvida para a campanha a presidência dos Estados Unidos no ano passado, um aplicativo de receitas, com um widget de receita do dia para ser incluído em seu blog, e muito mais.

No blog do autor você pode encontrar detalhes de cada uma das aplicações.

Suporte a Agregação no Django 1.1

Publicado m 15/01/2009 às 17h25

Hoje, o Django ganhou suporte a agregação, na revisão 9742 do SVN. O código foi adicionado por Russ Magee. Basicamente, o código adiciona dois métodos aos Querysets: annotate() e aggregate() .

Um pequeno problema com a combinação Python 2.5 + SQLite no Windows ainda persiste, mas já está sendo trabalhado.

No e-mail enviado para a lista Django Developers, Russ agradece a Nicolas Lara que fez a primeira implementação das agregações como parte do Google Summer of Code 2008 .

A documentação sobre a agregação já está disponível em: http://docs.djangoproject.com/en/dev/topics/db/aggregation

Anunciada segunda edição do Django Book

Publicado m 09/01/2009 às 18h24

Adrian Holovaty anunciou em seu blog que está trabalhando na segunda edição do Django Book.

A primeira edição que foi escrita em parceria com Jacob Kaplan-Moss cobria a versão 0.96 do Django, e muitos exemplos não funcionam mais com a versão 1.0. A nova versão do livro será baseada no Django 1.0, e como o Django 1.0 se preocupa com a retro-compatibilidade, ele deve permanecer atualizado por mais tempo.

O livro não será apenas uma atualização do anterior: contará com a reestruturação de conteúdo e até mesmo com a edição de novos capítulos. É possível ler algumas prévias online (em inglês) em http://www.djangobook.com/en/2.0/. A versão impressa será publicada pela Apress.

Mais informações em http://www.holovaty.com/blog/archive/2009/01/09/0133

Lançado Django 1.0.2!

Publicado m 21/11/2008 às 17h16

Pouco depois do lançamento da versão 1.0.1, liberaram a 1.0.2 com duas novas correções no código base do Django, porém o maior motivo deste lançamento se deve ao fato de que os scripts de empacotamento da versão 1.0.1 omitiu alguns arquivos e diretórios. Oops!

A atualização é recomendada àqueles que utilizam as versões 1.0 e 1.0.1. Veja as notas de lançamento do Django 1.0.2 (desta vez não traduzida, então dê uma força pro time).

A nova versão pode ser encontrada em nossa página de download.

Lançado Django 1.0.1

Publicado m 17/11/2008 às 10h59

Seguindo o cronograma de lançamento, o Projeto Django lançou na última sexta-feira o Django 1.0.1. Esta versão possui apenas correções de bugs e melhorias no código do Django 1.0, e sua atualização é recomendada.

Para mais detalhes desta versão, veja as notas de lançamento (em português :-).

Entenda o porquê do self explícito

Publicado m 07/11/2008 às 6h17

O Pedro Werneck disponibilizou um ótimo e detalhado artigo onde demonstra em bom português os motivos e valores que levam o Python a usar a declaração do self explícito como primeiro argumento para métodos de classes.

Recomendado para usuários de nível Básico a Avançado. É importante entender as diferenças entre a linguagem Python e as demais, e porque os autores acreditam que essas diferenças são um ponto positivo.

Clique aqui e boa leitura!

Django nos Estados do Brasil

Publicado m 26/10/2008 às 9h52

No dia 15 deste mês de outubro, lançamos a thread "Django nas regiões do Brasil" [1]. O objetivo era incentivar os membros da comunidade brasileira a lançar seus nomes na Django People [2], de forma que tivéssemos o maior número possível com o objetivo de realizar uma contagem dos desenvolvedores Django nos estados brasileiros.

Alguns novos cadastros foram lançados, de forma que estamos exatamente agora com 251 pessoas cadastradas na Django People, sendo que nossa lista possui 770. O número não é ruim considerando que nem todos os membros da lista estão ativos de fato, devido a seus motivos particulares.

No entanto, fizemos a contagem assim mesmo, como primeiro passo.

A falta de padronização nos endereços não foi um desafio em si, a maior parte deles seguia um padrão relativamente claro de "Cidade", "Estado", o que facilitou a varredura em poucos minutos, e às exceções, demos o tratamento que geralmente se dá a elas: contamos manualmente e ajustamos os números.

E os resultados? Surpreendentes.

Das 27 unidades da federação, somente duas - Amapá e Roraima - não tiveram cadastros. Isso mesmo, estamos em 25 estados, pelo menos :)

Veja como ficaram os números abaixo:

Acre1
Alagoas1
Amapá0
Amazonas5
Bahia1
Ceará8
Distrito Federal9
Espírito Santo6
Goias6
Maranhão4
Mato Grosso2
Mato Grosso do Sul1
Minas Gerais26
Pará4
Paraíba6
Paraná13
Pernambuco7
Piauí2
Rio de Janeiro20
Rio Grande do Norte5
Rio Grande do Sul26
Rondônia1
Roraima0
Santa Catarina17
São Paulo75
Sergipe2
Tocantins3

Como era esperado, os estados mais populosos, especialmente os do Sudeste e do Sul do país apresentaram os maiores números. Veja o gráfico abaixo:

Django nos Estados

Este censo não é definitivo. Vamos continuar acompanhando esses números e assim que houver um aumento expressivo no número de usuários na DjangoPeople, publicaremos um novo censo e assim por diante.

O objetivo desta contagem é saber como o Django está distribuído e assim, mostrar onde há usuários o suficiente para que se criem grupos regionais.

Há 6 estados com mais de 10 membros: São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina. 10 membros é um número sólido para se iniciar um grupo regional. 5 ou 6 pessoas já tornaria o grupo viável, e esse número está em 8 estados: Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

É bom lembrar que quando criamos a comunidade nacional, fechamos o segundo mês com 7 pessoas e no terceiro éramos pouco mais de 20.

Bom, é isso aí! Em breve vamos publicar mais detalhes de como fazer isso. Por hora, ficamos com os números e algumas luzinhas piscando na mente!

Links relacionados

Novas seções de Casos de Sucesso e Agenda

Publicado m 25/10/2008 às 17h41

Depois de discutir e traçar as metas que serão o nosso foco entre o final de 2008 e o ano de 2009, começamos a colocar em prática algumas delas.

Agora temos a felicidade de anunciar duas novas seções no site:

Casos de Sucesso

A seção de casos de sucesso foi lançada com um primeiro caso, devido à nossa vontade em colocá-la no ar o quanto antes. Outra meia-dúzia de empresas está providenciando os textos para mostrar suas histórias no site. Sua idéia é mostrar quais são as empresas e instituições que adotaram o Django no Brasil.

Adotar uma tecnologia quando ninguém a conhece é uma atitude que exige espírito inovador, visão e muita fibra. Essas empresas acertaram em suas escolhas, e agora são convidadas a contar isso aqui, de forma que outras pessoas sejam motivadas a conhecer o Django também.

Sabemos que essas empresas são muitas. Se você é de alguma delas, nos envie seu caso! Veja a barra lateral da seção de Casos de Sucesso pra saber como proceder. Nós vamos redigir o texto e pedir a sua revisão antes, para que nenhum engano aconteça, mas queremos mostrar a sua história aqui.

Agenda

A agenda, já disponível há algumas semanas no Google Calendar, também ganhou uma seção no site.

Estamos publicando nela tudo o que acontece no Brasil, relacionado ao Django.

Se você sabe de um evento onde alguém vai falar sobre Django ou Python, conte para nós! Não importa se é na sua escola, faculdade, curso ou grupo de amigos. Queremos mostrar o que está acontecendo pelo Brasil. Nossa comunidade está bem distribuída ao longo do país e com diversos membros de outros países. Queremos mostrar esse constante movimento, e assim facilitar para quem queira participar.

Próximos passos

Então é isso, nossos próximos passos incluem concluir a tradução da documentação, continuar nossas metas de levar o Django aos eventos pelo Brasil e fazer com que mais pessoas conheçam o Django.

Estamos com boas idéias para premiar quem está escrevendo sobre Django. Escreva em seu blog pois logo vai ter boas notícias nesse sentido.

E não se esqueça que queremos muito o Prêmio Info de Melhor Ferramenta de Desenvolvimento de 2008. Não é fácil, disputamos com oponentes muito bons também, mas a nossa comunidade é forte e pode conseguir mais essa conquista.

Resumo da reunião do dia 14/10

Publicado m 22/10/2008 às 21h51
Tivemos uma reunião no dia 14 deste mês de outubro para definir as metas e definições de planejamento para o período entre o final de 2008 e ano de 2009.

Nos baseamos no bloco de metas do seguinte documento:

http://docs.google.com/Doc?docid=ah97h8m3npt9_80gjdnnh9t&hl=pt_BR

Estiveram presentes na reunião dezenas de pessoas, muitas delas participando ativamente do início ao fim, ao que pudemos constatar mais uma vez o crescimento sólido do Django e que muitos daqueles que trabalham com Django não estão presentes na lista de discussão e na DjangoPeople.

O log da reunião pode ser encontrado em:

http://www.djangobrasil.org/logs/reuniao_2008_10_14/

O resumo dos pontos discutidos e acordados durante a reunião segue abaixo:

2500 inscritos na lista de discussão até o final de 2008

  • Como chegar a esse número?
    • Incentivar grupos regionais
    • Buscar pessoas que não estão na lista mas usam Django
    • Fazer um censo
    • Incentivar os membros atuais participar mais
    • Incentivar pessoas a se inscreverem na Django People
    • Divulgar o Django em busca de novos usuários
    • Blogar mais
    • Criar área de "Cases de Sucesso" de Django, com entrevistas periódicas de gente que implementou Django, especialmente gerentes, etc.
    • Escrever um artigo compacto pra ensinar django pra publicar na Linux Magazine ou outra
    • Ajustar o site para ser mais "dinâmico" para novidades

Palestras e cursos no FISL, PyConBrasil e LatinoWare

  • Metas para próximos eventos (de maior alcance) - números baseados nos eventos mais recentes
    • PyConBrasil: 4 palestras e 1 mini-curso
    • FISL: 1 palestra e 1 treinamento
      • estudar evento dentro do FISL relacionado ao Django
    • LatinoWare: 2 palestras
    • EMSL: 2 palestras
  • Eventos locais
    • Criar materiais para esse tipo de evento, e deixar público, como material para pessoas que queiram levar Django a eventos locais
    • O foco é a solução, JAMAIS atacar outras tecnologias
    • Qual é o nosso público alvo?
      • Estudantes/Novos profissionais (focar resultados para o profissional e qualidades técnicas)
      • Empresários (focar resultados e custo/benefício)
  • Cursos e eventos à distância
    • Busca parcerias para cursos à distância
    • Considerar a definição de um roteiro para treinamento padrão, de forma que seja um padrão de qualidade para um curso

Realizar um evento específico sobre Django no Brasil no primeiro semestre de 2009

  • Buscar empresas que patrocinariam/sediariam o evento
  • Custo
    • fazer camisetas, adesivos, imãs e etc para arrecadar dinheiro para a Associação Python Brasil nos ajudar financeiramente com o evento
    • divulgar largamente a Associação, no site e nos blogs da comunidade

Terminar a tradução da documentação do Django 1.0

  • Lançar a refatoração para novembro utilização Sphinx
  • 80% da tradução já está concluída
  • Iniciar thread de brainstorm sobre documentação na lista de tradução, para verificar a situação e estabelecer metas
  • Lançar reunião específica sobre a tradução da documentação

50 itens no CookBook em Português

  • Lançar tópicos para depois escrever o conteúdo
  • Analisar snippets que possam ser convertidos em cookbook

Vencer Prêmio Info

  • Lançar artigo no blog (já feito e divulgado)

Nossa próxima reunião, ainda a marcar data, terá como foco a conclusão da tradução da documentação.

Django no Prêmio Info 2008

Publicado m 15/10/2008 às 7h40

Como prova do forte crescimento do Django em 2008, estamos concorrendo com o Adobe AIR e o Ruby on Rails o título de Ferramenta de Desenvolvimento do Ano da Revista Info.

Para votar, é preciso ter um exemplar da Revista Info, edição de Outubro de 2008 (nº 272, com um iPhone 3G numa capa branca), seja comprada avulsa em banca de revistas, seja como assinante. Na página 67, destaque o formulário, marque os candidatos desejados, lacre e envie pelos correios, sem custo de postagem

Outro voto importante é pelo Luciano Ramalho, presidente da Associação Python Brasil, para Personalidade do Ano.

Vamos votar pessoal, esse prêmio não só é justo como é importante para o crescimento da popularidade da ferramenta.

Chamada de trabalhos para o EMSL

Publicado m 14/10/2008 às 12h16

O Encontro Mineiro de Software Livre acontece anualmente em Minas Gerais. Depois de ser sediado por 2 anos consecutivos em cidades do interior de Minas Gerais, o evento voltará para a região metropolitana em 2008. O EMSL foi criado com o objetivo de fomentar a aproximação e o intercâmbio entre os vários grupos que utilizam o software livre no estado, assim como incentivar seu uso por novos grupos. Esta edição, com o lema "Liberdade para Aprimorar", visa promover a contribuição e o aperfeiçoamento do software livre de forma consciente e colaborativa.

Este ano o Encontro Mineiro de Sofware Livre será realizado na UNI-BH, de 26 a 29 de Novembro de 2008.

A organização do evento convida a comunidade a enviar seus trabalhos até o dia 24 de Outubro de 2008.

Convidamos a comunidade Django brasileira à participar do evento, seja com palestras ou cursos, ou com sua presença. Maiores informações quanto à chamada de trabalhos, pode ser conferida no site oficial do evento.

PyConBrasil 2008 no Rio de Janeiro

Publicado m 26/09/2008 às 21h16

Durante os dias 18, 19 e 20 de setembro, aconteceu a PyCon Brasil 2008, no Rio de Janeiro, apoiado e hospedado na UVA - Universidade Veiga de Almeida.

Nos três dias do evento estiveram presentes mais de 360 pessoas, participando de 44 palestras e 4 mini-cursos de alto nível, alguns deles voltados para públicos básico, e outros para públicos intermediário ou avaçancado.

Dentre os palestrantes, podemos destacar a presença de Bruce Eckel, Roberto Ierusalimschy e Alexander Limi, dentre outros.

O Django demonstrou sua força em ascensão durante toda a conferência contando com 4 palestras e um mini-curso, mas especialmente com a popularidade entre os participantes e presença em outras palestras onde não era o assunto principal.

As palestras sobre Django foram ministradas por Andrews Medina, Marinho Brandão, Leandro Zanuz e Jeronimo Zucco e o material pode ser encontrado em [1].

Por fim, fica nosso imenso agradecimento à equipe que organizou e viabilizou o evento, aos patrocinadores, aos palestrantes e à universidade pelo alto nível de qualidade durante toda a programação. Estão realmente de parabéns!

Mais detalhes em [2].

Links Relacionados:

  1. http://www.slideshare.net/tag/pyconbrasil2008
  2. http://pyconbrasil.com.br/

Lançamento da Versão 1.0!

Publicado m 05/09/2008 às 7h47

Após o extensivo trabalho dos últimos meses, o planejamento foi seguido à risca e a versão 1.0 do Django foi lançada, com grande satisfação da comunidade, que já tinha uma espectativa cada vez maior por esse lançamento.

A versão 1.0 chega num momento especial do framework, quando ele está em em maior evidência e grande adoção por parte de empresas grandes e pequenas do círculo internacional.

Essa versão vem coroar uma sequência de lançamentos de recursos e do amadurecimento da API, que agora atinge um nível estável e possível de ser mantido a longo prazo, resultado de trabalho de cerca de 400 pessoas, especialmente o chamado "core team", composto pelos principais integrantes do desenvolvimento, que têm dedicado muitas horas de seu tempo pela comunidade.

Compatibilidades

O Django 1.0 é compatível com as diversas versões dos sistemas operacionais suportados pelo Python na versão 2.3 ou superior, que incluem o Windows, Linux, Solaris e MacOS X.

A versão também é compatível com os sistemas gerenciadores de bancos de dados: Postgres, MySQL, Oracle e SQLite, e tem abertura para se conectar a outros SGBDs relacionais ou orientados a objetos através da crianção de backends ou de acesso direto.

A compatibilidade com servidores web vai desde os diversos softwares que suportam WSGI aos que suportam mod_python, como Apache, Lighttpd, Nginx, IIS, thttpd e outros.

Recursos em Destaque

A versão 1.0 traz um pacote extenso de qualidades a se ressaltar, e podemos citar como principais destaques:

  • Admin - ferramenta automática de administração do site, uma API que permite a criação de diversos sistemas não só para administração de sites mas também para manutenção de dados
  • Autenticação e Sessões - recursos para manter usuários, grupos, permissões e sessões do site
  • Sistema de Comentários - recurso ideal para suportar comentários de usuários em páginas
  • Content-types e múltiplos sites - recurso de relacionamentos entre objetos sem que haja relacionamentos físicos no modelo do banco dados, uma forma bastante flexível e nova de relacionar objetos. E também o suporte para se manter diversos sites no mesmo projeto
  • Cross Site Request Forgery e Auto-Escaping - recurso para proteção contra diversos tipos de ataque comuns da web
  • Páginas planas - recurso para criação de páginas de forma rápida
  • Formulários - recurso que inclui a criação rápida, dinâmica e poderosa de formulários, seja para a manutenção de dados do banco de dados ou para outros usos. Suporta também formulários em forma de assistentes e outros recursos. É um dos pontos altos do framework
  • Localização - recurso para a tradução e localização para mais de 25 idiomas e países do mundo, de maneira bastante fácil
  • SEO friendly - recursos como geração de sitemaps e URLs limpas e legíveis, são amigáveis à otimização de seu site para buscadores
  • Feeds RSS/Atom - criação simplificada de feeds
  • Testes automatizados - a primeira versão definitiva da API vem com recursos maduros para a automatização de testes seguindo a linha de pensamento do TDD, processo cada vez mais importante no desenvolvimento ágil de aplicações e sites
  • Suporte a cache - recurso compatível de diversos meios de armazenar páginas e objetos em cache, como memória (memcached e outros), banco de dados, arquivos físicos e outros
  • GIS - bancos de dados geográficos - suporte a bancos de dados geográficos, utilizados para logística, arquitetura de ambientes corporativos e diversas outras aplicações
  • Serialização - serialização de objetos para JSON, XML, Yaml e Python. Ideal para a transferência entre sites diferentes ou integração com outros sites através de RESTful ou outros tipos de webservices
  • Herança de modelos - o ORM tem evoluído de forma consistente, e suporta uma boa gama de recursos, dentre elas a herança de modelos, que trata internamente a criação das tabelas da forma mais adequadas para suportar a herança no lado dos objetos
  • Diversos lugares onde hospedar - o amadurecimento do framework vem contando de forma gradual com o suporte dos mais diversos serviços de hosdagem, que incluem o suporte do Google App Engine, sistemas de cloud computing, como Amazon EC2 e centenas de outros serviços menos populares mas de grande qualidade, tanto no Brasil quanto no Exterior
  • Aplicações plugáveis - o framework trabalha com a filosofia da componentização, incentivando assim, a criação de dezenas de aplicações plugáveis, que possam ser incluídas em seu projeto com poucas configurações e grande compatibilidade. Muitas delas podem ser encontradas no site DjangoPlugabbles
  • Rede social e outros sites da comunidade - a comunidade de desenvolvedores conta com sua própria rede social, site de códigos, sistema de busca e >a href="http://djangogigs.com/">site de empregos e oportunidades de negócios
  • Outros recursos - o framework ainda suporta mais uma extensa gama de recursos em destaque, como os templates dinâmicos, que tem sido destacados desde o seu surgimento, há pouco mais de 3 anos, e outras coisas mais, como o suporte ao upload de arquivos extensos e outros.

Portando das versões anteriores

Para quem já vinha trabalhando com versões mais antigas do framework, em especial a versão 0.96, última release, os principais documentos a serem lidos e acompanhados são os seguintes:

Download e Instalação

Para fazer o download da versão 1.0, vá até à nossa página para Downloads.

Para aqueles que utilizam Ubuntu ou Debian, o brasileiro Gabriel Falcão disponibilizou os pacotes para quem deseja instalar com maior facilidade.

Conclusão e agradecimentos

Por fim, fica a nossa imensa gratidão às pessoas que se dedicaram tanto na criação, amadurecimento e suporte do Django, ao redor do mundo.

E um grupo especial a agradecermos é o grupo brasileiro de localização do Django - incluindo a documentação - que também não mediu esforços nos últimos meses para fazer o ótimo trabalho de tradução do máximo de material para os brasileiros.

Chamada de trabalhos para a PyConBrasil 2008

Publicado m 12/07/2008 às 18h35

A chamada de trabalhos para a PyConBrasil 2008 se encerra neste domingo, dia 13 de julho. Ainda dá tempo de você enviar a sua proposta. A PyConBrasil 2008 ocorrerá no Rio de Janeiro, de 18 a 20 de setembro.

Os trabalhos se dividem em três categorias:

  • Palestras: Entre 30 minutos e 1h de duração.
  • Palestras-relâmpago: Entre 5 e 20 minutos de duração
  • Treinamentos: Tutoriais e treinamentos com duração entre 2h e 2 dias.

A PyConBrasil 2008 será realizada na Universidade Veiga de Almeida, no Rio de Janeiro, entre os dias 18 e 20 de setembro.

Para enviar sua proposta de trabalho, acesse http://pyconbrasil.com.br/sobre-o-evento/chamada-de-trabalhos.

Editora Abril usa Django para site especial

Publicado m 29/04/2008 às 9h15

No blog do Juliano Barreto, da revista Info, tem uma entrevista com Fábio Paiva, um dos responsáveis pelo site "Abril no centenário da imigração japonesa", feito a toque de caixa com Django. Leia um trecho da entrevista abaixo e depois visite o site no endereço http://japao100.abril.com.br/.

Porque vocês escolheram o Django? Quais foram as outras opções consideradas?
Fábio Paiva — Escolhemos o Django pela rapidez que um framework de desenvolvimento nos proporcionaria na execução do projeto. Tínhamos um site muito complexo para ser feito, com várias ferramentas colaborativas, e que precisava ser desenvolvido em um prazo muito curto. Analisamos também a possibilidade de utilizar Java, PHP, Plone ou Ruby on Rails, mas o Django foi o que melhor atendeu nossas expectativas para o projeto.

Google App Engine é lançado com Python e Django

Publicado m 08/04/2008 às 10h50

O Google lançou um ambiente para aplicações web chamado App Engine e escolheu o Python como primeira linguagem a ser suportada pelo sistema. Os 10 mil primeiros desenvolvedores que se cadastraram no serviço já têm acesso à toda a funcionalidade do Python aliada à escalabilidade da estrutura de banco de dados (Big Table), autenticação com contas do Google e vários outros serviços. Eles têm 500Mb de espaço em disco e capacidade para servir cerca de 5 milhões de pageviews por mês de graça.

O que chama bastante a atenção é que a linguagem padrão de templates do App Engine é a do Django, e que eles também incluíram uma versão completa (v0.96.1) do framework para quem quiser usar.

Também é possível fazer upload de versões mais atualizadas do Django para o serviço, e na lista django-developers já começou a conversa para a implementação de um backend com suporte para Big Table.

A maior dificuldade para se rodar uma aplicação Django em ambiente de produção tem sido toda a configuração de servidor que precisa ser feita, o que desanima alguns iniciantes. Segundo o Guido van Rossum - criador do Python e integrante da equipe que fez o App Engine - a idéia é tirar isso da mão do desenvolvedor e deixá-lo se concentrar apenas no seu código.

É fácil perceber o potencial que um serviço como esse tem para a popularização de uma linguagem como o Python e o que significa ter o Django como framework padrão instalado nele. Que venham as multidões! :)

Ponha seu nome no mapa

Publicado m 19/02/2008 às 1h22

O DjangoPeople.net é uma rede social de usuários do Django no mundo todo. No momento em que esse post é escrito, o Brasil ocupa a segunda colocação em número de cadastrados, só ficando atrás dos Estados Unidos. Uma das coisas mais legais do site é poder ver no mapa quem são os Djangonautas mais próximos do seu endereço.

Se você mexe com Django e ainda não se cadastrou, aproveite e ajude a aumentar a contagem. Vai lá!

Entrevista com Adrian Holovaty

Publicado m 04/01/2008 às 18h44

O blog de Fábio Akita traz uma entrevista muito interessante traduzida para o português com o criador do Django, Adrian Holovaty.

O curioso é que Akita é um desenvolvedor Ruby on Rails, mas nem por isso deixa de reconhecer o valor de outras iniciativas, buscar idéias e de aprender com quem usa outras linguagens. Nas palavras do próprio:

"Sou um programador e evangelista Ruby on Rails em tempo integral, mas acima de tudo, eu tento ser um ‘bom’ programador. E bons programadores reconhecem boa tecnologia e a conquista de seus criadores. E o Django de Adrian é uma dessa conquistas excepcionais que merecem a atenção e o sucesso."

Lançado o livro oficial sobre Django

Publicado m 19/12/2007 às 11h47

Em uma experiência de edição colaborativa, os autores Adrian Holovaty e Jacob Kaplan-Moss escreveram o livro "The Definitive Guide to Django: Web Development Done Right" (O Guia Definitivo de Django: Desenvolvimento Web Feito Corretamente). A base do livro já existia em formato online no site djangobook.com e permitia comentários em qualquer parágrafo.

Depois de mais de 2,5 mil contribuições ao texto os autores lançaram a versão final em papel e atualizaram a versão online, que pode ser acessada de graça e continua recebendo correções e aprimoramentos.

Django Brasil ganha espaço na mídia

Publicado m 06/12/2007 às 18h43

A revista Info da editora Abril, uma das mais lidas publicações de informática do Brasil, deu destaque para o Django nas suas duas últimas edições. Veja a seguir uma síntese do que foi publicado.

Não é um bug! É uma funcionalidade!
Na edição de novembro Info fez uma avaliação do framework com o título "O Django cria sites a jato". O repórter Toni Cavalheiro analisou os prós e os contras do framework, deu nota 7,6 e fechou o texto com uma afirmação curiosa:

"(...) é fácil concluir que se trata de uma excelente ferramenta, que traz grande produtividade no desenvolvimento. A única ressalva é que ela só vale a pena para quem já desenvolve em Python. Se não for esse o caso, é melhor investir em um framework mais amigável (...)"

O fato de Django ser escrito em Python é mesmo uma desvantagem? Vários membros da lista de discussão da comunidade Django Brasil manifestaram seu descontentamento com a afirmação da revista. Entre a "Turma do Python" - termo usado no texto para se referir aos programadores - uma coisa ficou clara: a Info pisou na bola ao tratar a linguagem mais como um empecilho à adoção do Django do que uma vantagem. Talvez a solução seja perguntar para quem usa Python se é mesmo tão difícil assim aprender...

Fama e fortuna com Django
Na matéria da edição de dezembro o enfoque é "carreira" e o título é uma pergunta: "Django dá dinheiro?". A repórter Cibele Gandolpho revelou para todo o país em quanto alguns dos membros mais proeminentes da comunidade Django Brasil conseguiram aumentar sua renda depois de adotar o Django para desenvolver projetos. Pelos valores que o pessoal declarou na matéria, ficou claro que a resposta à pergunta do título é mesmo "sim".

"Esses são (...) exemplos da diferença que o Django já começa a fazer na carreira profissional - e no bolso - dos desenvolvedores que adotaram essa ferramenta"

A rapidez de desenvolvimento e facilidade para reutilização do código foram os pontos-chave defendidos pelos entrevistados. Vale notar que a repórter entrou na lista de discussão e interagiu com a comunidade durante a apuração da matéria. Na ordem em que aparecem no texto foram citados: Allan Douglas de Oliveira, Marinho Brandão, José Pereira, Andrews Medina, Guilherme Mesquita Gondim e Christiano Anderson.

Participe do segundo sprint mundial

Publicado m 28/11/2007 às 2h53

É a sua chance de ajudar a melhorar ainda mais o Django.

O sprint acontece neste sábado, dia 1º de dezembro, podendo se estender também pelo domingo.

A idéia é dedicar pelo menos 24 horas de trabalho concentrado para resolver pendências e chegar mais perto da versão 1.0.

A participação é aberta a todos. Basta um conhecimento básico de inglês para se entender com os outros desenvolvedores espalhados pelo mundo e você já é capaz de contribuir. Não há obrigações nem expectativas. Se você nunca contribuiu para o código do Django antes, essa é a oportunidade ideal para começar.

Ficou interessado? Entre no wiki do sprint (em inglês), leia as instruções de como participar e inclua seu nome na lista.

Ao contrário do último sprint, não vai haver uma versão brasileira simultânea. Por isso, durante os dias do evento todos os esforços podem se concentrar no código do Django em si.

Mesmo assim, os esforços da comunidade brasileira continuam em ritmo de sprint com o lançamento do djangobrasil.org e avanços nas traduções de diversas áreas importantes do site.

Django Brasil no ar!

Publicado m 25/11/2007 às 15h41

Após grande expectativa, está no ar o site da comunidade Django Brasil! O objetivo é ser um veículo de divulgação deste framework em terras tupiniquins, trazendo informações para auxiliar tanto os iniciantes quanto os mais experientes.

Atualmente o site fornece:

  • as principais características do Django;
  • um weblog para anúncios e avisos à comunidades brasileira;
  • uma página exclusiva para a comunidade descrevendo como um desenvolvedor pode participar;
  • um agregador de blogs (planeta) dos desevolvedores nacionais, e;
  • uma área específica para a documentação.

A documentação e tradução da documentação oficial ainda é escassa. Convidamos os interessados em traduzir ou produzir conteúdo em língua portuguesa para suprir essa necessidade.

Este é apenas o início de uma nova fase da comunidade Django Brasil. Participe!

O site foi desenvolvido pelo Guilherme Mesquita Gondim (semente) e o belo design pelo Jader Rubini. O código é livre e pode ser acessado no seguinte endereço: http://code.google.com/p/djangobrasil/.


Hospedado por APyB. Django Brasil é a comunidade brasileira de usuários do framework web Django. Django é uma marca registrada de Lawrence Journal-World.